Este blog é dedicado a difundir as mensagens comunicadas nas Aparições de Jacareí-SP-Brasil, por meio do Vidente Marcos Tadeu Teixeira. Desde 1991, Nossa Senhora RAINHA E MENSAGEIRA DA PAZ, Nosso Senhor Jesus Cristo, São José, os Anjos e os Santos , fazem ao mundo um último apelo de conversão, reparação e oração. Essas Aparições que se prolongam por mais de 20 anos, é o último meio que o Senhor manda ao Mundo para que se converta e tenha paz.
"Imitai os meus videntes, os meus Santos que em toda a Sua Vida: Me amaram, Me serviram, sem colocar nenhuma restrição no seu amor por Mim!" (Maria Santíssima, Jacareí-SP, 25-05-2008)

" SEDE SANTOS, porque eu, o Senhor, vosso DEUS, sou Santo." (Levítico19, 2)

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Santa Irene

03/01/2010 - Mensagem de Santa Irene

 


"-Amadíssimo Marcos, Eu Sou IRENE, serva de Deus, serva da Virgem Maria, vossa irmã que venho novamente hoje dar-vos a graça de Deus, digo novamente, porque sempre estive aqui, neste Lugar, que por Deus e por Nós do Céu é mais amado do que todo o restante do mundo e aqui estou sempre guardando esse Lugar.
Estou convosco todos os dias e quero ajudar-vos a amar mais a Deus, à Virgem Santa e a crescerdes neste amor cada dia.
Crescei no amor de Deus mais e mais, procurando sempre o que mais Lhe agrada, fugindo das tentações do mundo, renunciando sempre mais aos desejos da vossa natureza corrompida e procurando com os vossos corações as coisas celestes onde deve estar o vosso coração, onde deve sempre estar o vosso tesouro.
Amai o Amor(Deus)! Amai o Amor que vos escolheu, o Amor que vos chamou aqui, o Amor que aqui vos forma, vos mantém, vos nutre e vos alimenta.
Amai o Amor que vos amou primeiro, que vos amou antes que vós mesmos pudésseis amá-Lo, conhecê-Lo, ou mesmo correspondê-Lo.Amai o Amor que é o próprio Deus, que deu a própria vida por vós na cruz, para que vós pudésseis viver a verdadeira vida de filhos de Deus, de herdeiros dos Céus, de irmãos dos Santos!
Amai o Amor que se entregou a vós sem medida e que não calculou os sacrifícios que teria de fazer para resgatar-vos da escravidão de Satanás e do domínio do pecado. Esse Amor que deu tudo o que podia para vós, que deu a própria vida, esse Amor que não é amado pelos homens só vos pede amor.
O Amor só procura amor em vós! O Amor só busca o amor! O Amor só pede o amor!
Que o vosso amor sacie a sede implacável do amor de Deus por vós com a água salutar do amor. Dai a Deus a água doce que dessedenta: a água do vosso amor, da vossa correspondência à Sua vontade, da obediência às Mensagens que aqui vos são dadas, a água da oração, do sacrifício, da penitência, da bondade, da generosidade.
Enquanto tantos dão a Deus apenas um deserto ou quando muito as águas amargas da sua rebelião, da sua desobediência, da sua ingratidão, do pouco amor que tem pelo Senhor, vós sois chamados a Lhe dar a boa e doce água do verdadeiro amor.
Crescei no amor cada dia, lede e relede as Mensagens, pois Nelas vós encontrareis a vontade de Deus para vós. Deus vos indicará o caminho e vós compreendereis o que Ele quer de vós. Segui o caminho conhecido então. Eu, vos ajudarei e vos conduzirei até o Senhor, até a plena realização da Sua vontade e cuidarei para que os vossos passos sejam os mais acertados possíveis no caminho do cumprimento de Sua vontade.
O Meu nome, IRENE, significa paz! Quero dar-vos a paz, quero cuidar da paz em vós, quero proteger a paz em vós, esta paz que só possui a alma que se esvaziou totalmente de si mesma e das coisas do mundo que a perturbam, que roubam a sua paz... essa alma que está cheia de Deus, que está cheia de Seu amor e Sua graça e que mesmo sofrendo conserva inalterável a paz, pois o seu coração não está nas coisas transitórias deste mundo que ora se possuem, ora se perdem, ora se desfrutam, ora não se desfrutam mais,  ora vem, ora vão. Oh, não! Estas coisas mutáveis que roubam a paz, estas coisas já não estão mais no coração completamente tomado pela graça do Senhor, por isso essas coisas não podem mais perturbar a paz da alma e a alma está mais em paz do que a criancinha no ventre da mãe, porque ela está imersa em Deus, em Sua transcendência, em Sua vontade, em Seu amor... por isso, mesmo vindo sofrimentos a alma não se desespera, não se perturba, embora sofra, mas está sempre em paz ... e Eu quero portanto conservar esta paz, protegê-la, guardá-la, aumentá-la, fazê-la crescer em vós mais e mais até atingir a plenitude. Se vós fordes dóceis a Mim, se vos deixardes guiar e conduzir por Mim  Eu vos conduzirei à paz perfeita, à paz total.
Vinde Comigo! Neste ano trabalharei intensamente nas vossas almas. Rezai a Mim assiduamente, fervorosamente e Eu vos cobrirei de tantas graças que vós chorareis de alegria, rejubilareis em Deus e verdadeiramente exclamareis quão grande, quão bom é o Senhor!A todos abençôo agora, generosamente."


Santa Irene
No século IV, época do imperador romano Diocleciano, considerado o mais sanguinário perseguidor dos cristãos, era proibido que as pessoas portassem ou guardassem escritos que pregassem o cristianismo. Todos os livros deviam ser entregues às autoridades para serem queimados. Irene, ainda jovem, junto com suas irmãs Ágape e Quilônia, pertenciam à uma família pagã da Tessalônica, Grécia, mas se converteram e possuíam vários livros da Sagrada Escritura, pois passaram a pregar o cristianismo.
As três irmãs foram denunciadas e em sua casa foram encontradas várias Bíblias, por isso passaram a ser perseguidas, para serem levadas ao interrogatório diante do governador da Macedônia, Dulcério. Deveriam, como os demais cristãos, submeter-se ao intenso interrogatório, para renegarem a fé em Cristo. Mas só se salvariam se idolatrassem os falsos deuses, oferecendo publicamente comida e incenso a eles, e queimando as suas Bíblias. Quando os cristãos se negavam a renunciar a sua fé, geralmente eram queimados vivos, junto com a Bíblia.
Ágape e Quilônia foram encontradas antes. Presas e interrogadas, negaram-se a adorar os falsos deuses e confirmaram sua fé. Por isso foram queimadas vivas. O Martirológio Romano as reverencia dois dias antes.
Entretanto, Irene, que havia escondido grande parte dos livros cristãos em sua casa, conseguiu fugir para as montanhas, mas foi encontrada no dia do martírio das suas irmãs, levada a um prostíbulo para ser violada e, depois, presa. Lá, porém, por uma graça, ninguém a tocou. Irene foi, então, submetida a interrogatório, manteve-se firme em sua profissão de fé. Condenada pelo governador Dulcério, foi entregue aos carrascos, que lhe tiraram a roupa, expuseram-na à vergonha pública e depois também a queimaram viva.
O culto a santa Irene ainda é muito intenso no Oriente e no Ocidente, e se perpetuou até os nossos dias pelo seu exemplo de santa mártir, bem como pela tradição de seu nome, que em grego significa "paz", e é muito difundido em todo o planeta, principalmente entre os povos cristãos. A festa de santa Irene acontece em 5 de abril, dia em que recebeu a palma do martírio pela fé em Cristo, no ano 304.

Santa Irene rogai por nós!