Este blog é dedicado a difundir as mensagens comunicadas nas Aparições de Jacareí-SP-Brasil, por meio do Vidente Marcos Tadeu Teixeira. Desde 1991, Nossa Senhora RAINHA E MENSAGEIRA DA PAZ, Nosso Senhor Jesus Cristo, São José, os Anjos e os Santos , fazem ao mundo um último apelo de conversão, reparação e oração. Essas Aparições que se prolongam por mais de 20 anos, é o último meio que o Senhor manda ao Mundo para que se converta e tenha paz.
"Imitai os meus videntes, os meus Santos que em toda a Sua Vida: Me amaram, Me serviram, sem colocar nenhuma restrição no seu amor por Mim!" (Maria Santíssima, Jacareí-SP, 25-05-2008)

" SEDE SANTOS, porque eu, o Senhor, vosso DEUS, sou Santo." (Levítico19, 2)

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Pastorinho Francisco Marto

09/05/2010 – Cenáculo em comemoração dos 93 anos da Aparição de Maria Santíssima em Fátima – Portugal, aos pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta


Mensagem do Pastorinho Francisco Marto comunicada ao Vidente Marcos Tadeu, nas Aparições de Jacareí, São Paulo, Brasil 
"-Amados irmãos Meus, Eu, FRANCISCO, Francisco Marto, Pastorinho de FÁTIMA, venho trazer-vos a paz, trazer-vos o amor e a graça do Senhor e de Maria Santíssima para inundar com este amor e com esta paz as vossas almas e os vossos corações.
Vem, tu, Meu irmão. Tu que Me escutas e Me ouves. Tu que foste atraído pela Senhora do Rosário e da Paz, até este Lugar Bendito que para Mim, que para Nós, todos os Santos do Céu é mais querido do que todo o mundo com seus tesouros e belezas.
Tu..., que foste atraído até aqui. Tu que foste amado com um carinho, com uma predileção sem igual. Tu, que foste o alvo da misericórdia e benevolência do Altíssimo. Tu que recebeste a graça de estar aqui, de ouvir estas Mensagens, graça que tantas nações e povos quiseram e não receberam.
Tu que recebeste este favor do Senhor abra o teu coração, lança fora todo amor de ti mesmo, todo apego à tua vontade, toda rebeldia e desobediência, lança fora de ti toda a vaidade e toda a sede das honras e alegrias deste mundo, para finalmente no teu coração haver espaço para a graça de Deus, para o amor de Deus e para a Sua paz que quer encher-te completamente até transbordar fora para encher e saciar outras almas de paz.
Segue os meus exemplos, pois Eu, juntamente com a Minha irmã Jacinta e a Minha prima Lúcia, muito amei o Senhor e a Senhora do Rosário. Se Me seguires Eu te transformarei numa verdadeira copia de Mim mesmo, reproduzindo em ti os Meus sentimentos, as Minhas virtudes e o Meu próprio amor, para que com ele possas amar a Deus e à Virgem Santa com o coração puro, totalmente desprendido da Terra, completamente voltado para as coisas celestiais.
Vem e aprende de Mim a calar-te nas injurias, nos insultos...
Vem e aprende de Mim a receberem em paz as injustiças, as dores e os sofrimentos e a tudo oferecer ao Senhor, pela salvação dos pecadores transviados que só poderão ser salvos se houver uma grande força de expiação, de sacrifício e de suplica na intenção deles. E não há modo de suplicar com mais violência ao céu do que oferecendo o sofrimento, o sacrifício com amor.
Vem, aprende a levar a tua cruz como Eu a levei, oferecendo-a para salvar toda a humanidade e tantas almas que todos os dias correm o risco de perderem a graça de Deus e caírem no pecado. Com esta força mística e sobrenatural, oferecida por vós ao Senhor, a força da oração e do sacrifício, poderemos impedir que muitas almas caiam nas garras de Satanás e que muitas outras que ele já tinha por certo como suas para sempre, serão libertadas de suas garras e de sua influência maligna.
Vem atrás de Mim, amigo Meu e irmão Meu, aprende a glorificar o Senhor e a amá-Lo como Ele que ser amado. Ele quer ser amado com obras, não tanto com palavras. Ele espera de ti obras de amor, de generosidade, de doação, de entrega total, de esvaziamento de ti mesmo e de completa consagração de todo o teu ser ao amor Dele.
Tu não foste criado para ti mesmo, nem para o mundo com os seus divertimentos, vanglórias, tesouros e riquezas. Não foste criado para o mal, mas foste criado para ser uma perfeita imagem e semelhança do Senhor e para O glorificares com o teu amor, com a tua vida e com as tuas obras no meio das criaturas e das nações.
Deves portanto, voltar àquela que é a tua vocação original: ser uma perfeita imagem e semelhança de Deus. Para tanto, lança fora de ti tudo o que deforma esta imagem perfeita, todo amor de ti mesmo, do mundo e das criaturas, todo o apego desordenado, toda a sombra de vaidade, de soberba, de egoísmo, de frieza e dureza de coração. Segue-Me pelo caminho da inocência, segue-Me pelo caminho da santidade e Eu porei a Minha Mão na tua e te conduzirei com passos seguros, firmes e certos, constantes e vigorosos, cada vez mais adiante na estrada do verdadeiro amor e da verdadeira santidade.
Não temas nos sofrimentos! O Senhor estará sempre contigo como sempre esteve comigo e assim com a Senhora do Rosário e da Paz nunca Me abandonou, Ela também nunca te abandonará... Não vês que as Aparições dela para Mim, para Lúcia e Jacinta em Fátima há tantos anos e também aqui neste lugar, para o Marcos, já há quase vinte anos são a maior prova do amor Dela por ti? Que mãe ficaria a buscar o seu filho por tantos anos, por tantas décadas e até séculos, se ela não o amasse de um modo abrasador e até mesmo quase enlouquecido de amor?
Esta Mãe existe. É a Virgem Maria! E nas Suas Aparições Ela vem te buscar, vem te amar, vem te curar, vem te libertar do mal, vem lutar para te levar ao Céu, à salvação! Crê portanto, de uma vez por todas no amor Dela, reputa por nada tudo que não é Ela, tudo que não é o amor Dela, todo amor que não seja o Dela e entrega-te de uma vez por todas nos braços deste amor avassalador que deseja comunicar-se a ti, que deseja abrasar-te, consumir-te completamente até nada mais restar do velho homem que há em ti, para que nasça no lugar uma nova criatura renovada em Deus.
Lança-te nos braços desta Mãe e verás quantas maravilhas Ela fará em ti, tal como Ela fez em Mim, na Minha irmã Jacinta e na Minha prima Lúcia.
Se tu abrires o teu coração e te entregares completamente a Ela, verás que na tua alma surgirá uma paz duradoura, uma alegria indestrutível e uma felicidade imorredoura, que nem o mundo, nem o demônio, nem criatura alguma poderá jamais roubar de ti, ou destruir dentro de ti.
Agarra o Rosário. Reza-o fervorosamente todos os dias como Eu rezei! Pelo Rosário Eu adquiri todas as virtudes, pelo Rosário Eu venci todos os sofrimentos e dificuldades, pelo Rosário superei todos os problemas interiores e exteriores, pelo Rosário Eu cheguei ao Céu. E se tu Me seguires pela estrada do Rosário, rezando-o com amor, meditando atenciosamente nas lições que ele te dá, se o amares mais do que a tua própria vida, Eu te prometo na hora da morte te estenderei, te lançarei o Meu Rosário e te içarei, te elevarei até junto de Mim na glória do Céu!
Eu te abençôo Meu amigo e irmão, tu que Me ouves agora, que lês estas palavras, que escutas a Minha voz, amo-te e neste momento escrevo o teu nome no Meu coração. Rogarei por ti sem cessar e não cessarei até que te veja ao Meu lado prostrado em adoração ante o trono do Altíssimo e ante o trono da Santíssima Virgem louvando-A e glorificando-A por toda a eternidade.
A paz Marcos. A paz a todos. A paz a ti, Meu amado irmão.”

Francisco Marto (Aljustrel, Fátima, 11 de Junho de 19084 de Abril de 1919), conhecido mundialmente como Beato Francisco de Fátima e da Igreja Católica, foi um dos três pastorinhos que foi agraciado com as Aparições de  Nossa Senhora na Cova da Iria, de 13 de Maio até 13 de Outubro de 1917.
Filho mais velho de Olímpia e Manuel Marto, Francisco e Jacinta eram crianças típicas doPortugal rural da época. Como não era obrigatório, ele não frequentava a escola, e trabalhava como pastor em conjunto com a sua irmã Jacinta e a sua prima Lúcia. Como Nossa Senhora sugeriu numa das aparições, Francisco ingressou no ensino primário, mas acabou por deixar de assistir às aulas.
De acordo com as memórias de Lúcia, Francisco era um rapaz muito dado, mas calmo, e gostava de música, o qual mostrava habilidade no pífaro. Sendo muito independente nas opiniões, no entanto era pacificador, e mostrava-se muito respeitoso pelas pessoas. Conta a sua prima que até os animais não escapavam a sua caridade.
Na sequência das aparições, o comportamento dos dois irmãos alterou-se e desde então Francisco passou a preferir rezar sozinho. Marcado pelas palavras de Nossa Senhora para "que não ofendam mais a Deus", ele retirava-se na solidão "para consolar Jesus pelos pecados do mundo".
As três crianças, particularmente o Francisco, tinham o costume de praticar mortificações, mas que Nossa Senhora numa das aparições pedira moderação. Contudo, como penitência, Francisco deixara de ir à escola e escondia-seno Sacrário  para consolar a Jesus e rezar pelos pecadores. É possível que prolongados jejuns o tenham enfraquecido a ponto de sucumbir à epidemia do vírus influenza que varreu a Europa em 1918, em consequência da Primeira Guerra Mundial. Ele acabou por falecer em casa em 1919.
Francisco e a irmã Jacinta foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 13 de Maio de 2000. O seu dia festivo é 20 de Fevereiro.